Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Líderes não querem Bia Kicis no comando da CCJ

Líderes não querem Bia Kicis no comando da CCJ
Foto: Reprodução/redes sociais

Aliados do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP), articulam para tentar demover o PSL da ideia de indicar a deputada federal Bia Kicis para o comando da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa.

Como o PSL é o maior partido da Câmara, ele tem o direito de controlar a CCJ. A sigla, como forma de pacificar as relações entre deputados bivaristas e bolsonaristas, resolveu indicar a deputada Bia Kicis, integrante da ala mais radical do partido.

Correligionários de Lira têm afirmado que apesar do acordo partidário, a indicação de Bia Kicis provocará um desgaste na imagem da Câmara – não apenas do PSL.

A parlamentar é investigada pelo STF no inquérito das fake news; já defendeu impeachment de ministros do Supremo e tem como bandeira a revogação da PEC da Bengala. Com esse currículo, os correligionários de Lira temem a ira de ministros do STF.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO