Lídice da Mata aciona PGR contra Hans

Lídice da Mata aciona PGR contra Hans
A Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) das Fake News, que investiga a divulgação de notícias falsas nas redes sociais e assédio virtual, raliza oitiva decorrente do requerimento nº 214/2019. Em pronunciamento, relatora da CPMI das Fake News, deputada Lídice da Mata (PSB-BA). Foto: Jane de Araújo/Agência Senado

A deputada federal Lídice da Mata (PSB-BA), relatora da CPMI das Fake News, entrou nesta quinta-feira com uma representação na PGR contra Hans River do Nascimento, ex-funcionário da empresa de marketing digital Yacows.

Ontem, em entrevista a O Antagonista, Lídice havia antecipado que acionaria “imediatamente” o Ministério Público para que fossem tomadas “as devidas providências”.

Ele prestou um depoimento à comissão na última terça-feira e, segundo a parlamentar, forneceu informações “inconsistentes ou inverídicas”.

“Em seu depoimento, o Sr. Hans River do Rio Nascimento apresentou diversas informações que, posteriormente, viriam a se mostrar inconsistentes ou inverídicas. Além disso, o depoente, que compareceu à CPMI na qualidade de testemunha, negou-se a prestar diversas informações quando questionado por membros daquele colegiado”, diz a relatora na representação.

“Uma vez demonstrado o descumprimento inequívoco à lei, tem-se por necessária intervenção estatal no presente caso, em que o depoente fez afirmações falsas, negou e calou a verdade, na condição de testemunha, perante esta Comissão Parlamentar Mista de Inquérito. Isto posto, requeremos o recebimento da presente representação, para que, ao final, as medidas legais sejam devidamente tomadas.”

Basta de atritos com Bolsonaro. LEIA AQUI
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 89 comentários
TOPO