"Ligue pra ela e diga, 'oh titia, eu tô aqui com um problema pra resolver'"

A decisão do ministro Og Fernandes, do STJ, autorizando a Operação Faroeste, traz diálogos que indicam a suposta participação da desembargadora do Tribunal de Justiça da Bahia Maria do Socorro Barreto Santiago — uma das afastadas do cargo — no esquema de venda de decisões judiciais.

Do crédito total de 8,7 milhões de reais recebidos por ela entre janeiro de 2013 e o momento presente, apenas 2 milhões compõem a rubrica de “pagamentos salariais”. O valor total de saques da investigada no período foi de 764,1 mil reais.

O diálogo abaixo se deu por telefone entre dois investigados suspeitos de envolvimento no esquemão que garantia, com a benção do Judiciário baiano, o “gigantesco processo de grilhagem na região do oeste baiano”.

Comentários

  • Maria -

    É titia , é padrinho , é mainha , é doutor , é excelência. É um descaramento só.

  • Júlio -

    Logo aparece o rabinho do PT...

  • Jose -

    VERGONHOSO! Bem, ligue para o Gilmar, que ele paralisa esta investigação.

Ler 17 comentários