Lindbergh empaca liberação de compra de arma por morador rural

Lindbergh apresentou um recurso que empaca a tramitação do projeto de lei que altera o Estatuto do Desarmamento e autoriza a compra de armas de fogo por moradores de áreas rurais.

O projeto foi aprovado pela CCJ do Senado na semana passada e seguiria para a Câmara. Com o recurso do petista, o plenário do Senado terá de analisar o caso antes.

Nas redes sociais, o autor do projeto criticou a atitude de Lindbergh:

Comentários

  • Mauricio -

    Engano seu senador, o "Lindinho" sabe muito bem da realidade violenta do interior e do campo, pois apoia a principal organização terrorista do país. Ao brecar a tramitação deste necessário projeto, somente o fez para proteger essa mesma organização terrorista. Que é a mesma organização que invadiu e depredou o parque gráfico do jornal "O Globo". Esse senador petralha não tem compromisso com a democracia, com o direito a propriedade e menos ainda respeita a importância do agronegócio, usa do mandato para o projeto de poder de seu partido político. Ou seria organização criminosa????

  • Salva -

    Pessoal imaginem o pessoal do MST podendo comprar arma, eles irão alegar que moram em área rural. Neste caso estou como o Senador

  • Fernandez -

    Nem vou comentar as besteiras deste palhaço do senado. Mas quem vai esperar por uma lei que permita que ele tenha uma arma? Quem tá sentindo o perigo não espera por isso, não.

Ler 38 comentários