Lindbergh volta atrás em projeto contra Ficha Limpa

Eunício Oliveira, na reunião de líderes do Senado há pouco, se queixou da imprensa, dizendo que não é o responsável por pautar o projeto que pode acabar com a inelegibilidade de oito anos de condenados pela Lei da Ficha Limpa antes de 2010.

O presidente, codinome Índio, disse aos colegas que apenas acatou um requerimento de urgência assinado pelos próprios líderes.

Assim que reviu sua assinatura no papel, o petista Lindbergh retirou seu apoio.

O que o brasileiro quer de Jair Bolsonaro? Leia aqui

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 43 comentários
    1. Quem falou que ele estará em Fortaleza? Infelizmente vai estar no Leblon no Rio de Janeiro., . Não vai conseguir dormir de tanta buzinada.

  1. É puro desespero.Sabem que a partir de 2019 muitos serão investigados, indiciados,processados e condenados e bye bye eleições.Agora o Índio (Lampião de gravata)tem ainda o ostracismo que o agua

  2. É claro que ele é o único responsável. Aliás, não é o que ele mesmo diz. Ele é que define o que vai para a pauta e o que fica fora dela. Ele que paute o que quiser e responda por suas decisõe

  3. Lendo e tentando compreender a necessidade do Bolsonaro colocar pessoas com problemas,que a população não quer , em ministérios ! E a promessa dele? Suspeito do governo anterior, NÃO!!

    1. Tadeu. Hoje pela manhã, fiquei refletindo sobre as tais escolhas. Dezenas de coisas, foram processadas… Depois da decepção, veio a certeza. Qualquer porcaria é melhor que PT. Vida que segue…

  4. É MUITA CARA DE PAU DESSES BANDIDOS. O que não fazem para livrar o nine? Isso o STF fecha os olhos. Será que caso isso passasse pelo congresso o Temer vetaria? Lei para antecipar o novo congresso D

    1. Eu venho a algum tempo avisando e pedindo pra prestarem atenção no Temer, que ele tava aprontando, más ninguém se preocupou, agora aí ó?