Lindinho liberado

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro rejeitou hoje pedido de impugnação da candidatura do petista Lindbergh Farias feito pelo MP Eleitoral, registra O Globo.

Candidato à reeleição, o Lindinho da Odebrecht festejou no Twitter.

“Vitória! O registro da minha candidatura foi confirmado pelo TRE-RJ. O estapafúrdio pedido de impugnação formulado pelo MP foi rejeitado por unanimidade. Aguardo agora o mesmo espaço reafirmando minha candidatura nos veículos de imprensa que fizeram alarde com o pedido do MP.”

Agora falta conquistar o eleitorado. No Ibope da semana passada, Lindbergh apareceu em terceiro lugar na disputa pelas duas vagas do Rio no Senado, com 15% das intenções de voto, atrás de Cesar Maia (DEM), com 22%, e Flávio Bolsonaro, do PSL, com 19%.

 

Renan Calheiros: será que ele vai retomar o poder no Senado? Leia aqui

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 21 comentários
  1. Felizmente não será eleito e ficaremos livres dele no Senado. Ele deveria tentar uma vaga na Escolinha do Professor Raimundo,seria uma oportunidade de frequentar as aulas, o que nunca fez na vida.

  2. TRE, TSE, STJ, TRT e STF têm de acabar. STF tem de ser um tribunal temporário para cunho legislativo apenas e perder o poder criminal. Condenados tem de ser presos depois da PRIMEIRA instância.

  3. Chegou a hora: Vamos triplicar os votos para Bolsonaro. Você que apóia o MITO consiga três votos ou mais. Vamos elegê-lo no1º turno. Espalhe essa idéia. Brasil acima de tudo, Deus acima de todos