Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Lira admite manobra no caso Flordelis: "Talvez uma pena menor"

Plenário da Câmara vai votar um projeto de resolução, que pode ser modificado, e não o parecer pedindo a cassação do mandato da deputada
Lira admite manobra no caso Flordelis: “Talvez uma pena menor”
Reprodução/TV Câmara/YouTube

Arthur Lira admitiu nesta quarta (11) que foi dele o entendimento para levar ao Plenário uma resolução que pode reduzir a punição a Flordelis (PSD-RJ).

“Eu sempre agi nesta Casa em defesa não da cliente dele [isto é, de Flordelis], mas de qualquer parlamentar”, disse, no plenário da Câmara, dirigindo-se a um advogado da deputada.

“Alterei a regra de discussão de cassação de parlamentar no plenário desta Casa por um entendimento da presidência”, acrescentou. “No sentido de que o Plenário é soberano e o órgão maior de decisão na Casa Legislativa”.

“E de um parecer que só poderia opinar entre a cassação e a absolvição (…) o plenário que pode mais pode menos”.

“Por vontade dos senhores deputados, talvez uma pena menor enquanto não se julgue [o caso no Tribunal do Júri]”, acrescentou Lira.

Como já mostramos, Lira decidiu levar ao plenário um projeto de resolução, e não o parecer aprovado no Conselho de Ética.

O projeto pode sofrer emendas; o parecer, não. Ambos pedem a cassação do mandato de Flordelis, mas o primeiro pode ser modificado pelos deputados para conter uma pena menor – como a suspensão do mandato por alguns meses.

Leia maisManobra pode permitir que Flordelis não seja cassada

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO