Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Lira: "Demonizar as emendas do relator é trazer retrocesso"

O presidente da Câmara afirmou, em entrevista, que, se as emendas ficarem sob responsabilidade exclusiva do Executivo, não há como controlar
Lira: “Demonizar as emendas do relator é trazer retrocesso”
Foto: Adriano Machado/Crusoé

O presidente da Câmara, Arthur Lira (foto), defendeu há pouco que acabar com as emendas do relator é um retrocesso. No início do mês, o STF determinou a suspensão do mecanismo, depois que o governo liberou bilhões às vésperas da votação da PEC dos Precatórios para garantir que o texto fosse aprovado.

Em entrevista à GloboNews, Lira voltou a dizer que a Câmara vai recorrer da decisão da Corte. Segundo o parlamentar, se as emendas ficarem a cargo do Executivo exclusivamente, será mais difícil de controlar.

Demonizar as emendas do relator é trazer um retrocesso. Nós vamos perder recursos para educação, construção de escolas. Vamos ter esse prejuízo, perdendo aí R$ 13 bilhões, ou transformar esse orçamento em RP2, que são emendas exclusivas do poder executivo. Aí eu quero ver como você vai controlar.”

“Se houver falhas, os órgãos de controle estão aí para isso”, completou Lira.

O presidente da Câmara também voltou a afirmar que a PEC dos Precatórios não abre o espaço fiscal suficiente para promover um reajuste para servidores, como defende Jair Bolsonaro.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO