Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Câmara articula proposta para dar mais transparência às emendas de relator, diz Lira

Ontem, o STF decidiu suspender o orçamento secreto e determinou prazo de 30 dias para que aplicação de recursos possa ser fiscalizada publicamente
Câmara articula proposta para dar mais transparência às emendas de relator, diz Lira
Foto: Adriano Machado/Crusoé

Em missão oficial em Lisboa, o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), admitiu que deve tramitar na Casa um projeto de lei para dar mais transparência à destinação das emendas de relator-geral, as chamadas RP9.

Ontem, o STF decidiu suspender as emendas de relator e determinou o prazo de 30 dias para que o Poder Legislativo adote medidas para dar mais transparência ao repasse de recursos.

“Decisão não se comenta, decisão se cumpre e se contesta. Há uma discussão e ela é transversal a respeito desse assunto. Ela tem uma narrativa, e a nós só vai caber esclarecer mais ainda, com mais transparência, propondo o que pode ser possível com um projeto de lei que altera a resolução zero um para ficar mais transparente”, afirmou Lira há pouco.

“Neste momento, em vez de se criticar o que tecnicamente não se conhece, é importante que se dê oportunidade ao Parlamento, que sempre foi aberto, que modifica a vida das pessoas com essas emendas, a chance de explicar e de deixar este debate mais claro, sem politizá-lo como tudo que vem acontecendo no Brasil”, complementou o presidente da Câmara.

Arthur Lira é um pândego.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....