Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Lira diz que PEC da Vingança é "tema que não está resolvido"

Apesar da rejeição da proposta que aumentava a interferência política no CNMP, o presidente da Câmara ainda fala em punir excessos
Lira diz que PEC da Vingança é “tema que não está resolvido”
Foto: Adriano Machado/Crusoé

O presidente da Câmara, Arthur Lira (foto), disse nesta terça-feira (16), que as mudanças no CNMP propostas na PEC da Vingança ainda não são “assunto encerrado”. O texto foi rejeitado pela Casa em outubro.

“É uma discussão que se dará com os líderes da Câmara. Eu já conversei com os líderes. Esse é um tema que não está resolvido, disse Lira, em entrevista, em Lisboa.

A PEC da Vingança estabelecia, por exemplo, a possibilidade de o CNMP rever decisões de promotores e procuradores.

Sem citá-los nominalmente, Lira aproveitou para atacar Sergio Moro e Deltan Dallagnol, que se filiaram ao Podemos e devem disputar as eleições de 2022.

Muitas candidaturas que estão postas aí como salvadores e heróis da pátria, de quem cometeu tantos abusos. Não falo da operação em si, a operação produziu efeitos claros de combate à corrupção, mas cometeu também muitos abusos. Os excessos tem que ser punidos. O CNMP não cumpre seu papel.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....