Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Lira: "O plenário será o juiz dessa disputa que, infelizmente, já foi longe demais"

Ao levar debate sobre o voto impresso para o plenário da Câmara, Arthur Lira oferece uma saída política para a crise institucional
Lira: “O plenário será o juiz dessa disputa que, infelizmente, já foi longe demais”
Reprodução/TV Câmara/YouTube

Ao levar o debate sobre o voto impresso para o plenário da Câmara, Arthur Lira ofereceu uma saída política para a crise institucional provocada pelos ataques de Jair Bolsonaro ao sistema eleitoral. Como ele ressaltou no início de seu pronunciamento, “o voto impresso está pautando o Brasil” e isso “não é justo” — citando as reformas em tramitação no Legislativo.

O presidente da Câmara alertou para o tensionamento institucional, ressaltando que “quando a corda é puxada com muita força, leva os Poderes para além dos seus limites”. “Pela tranquilidade das próximas eleições e para que possamos trabalhar em paz até janeiro de 2023, vamos levar a questão do voto impresso para o plenário, onde todos os parlamentares eleitos legitimamente pela urna eletrônica vão decidir.”

Lira repisou as atribuições de cada Poder e disse que está vigilante. “O botão amarelo continua apertado. Estou atento 24 horas.” “O plenário será o juiz dessa disputa que já foi longe demais.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO