Lockdown e cloroquina não deveriam estar sendo discutidos, diz Ludhmila Hajjar

Lockdown e cloroquina não deveriam estar sendo discutidos, diz Ludhmila Hajjar
Foto: Reprodução/CNN

A cardiologista Ludhmila Hajjar afirmou agora há pouco, em entrevista à CCN, que algumas questões como o estabelecimento do lockdown e a prescrição de cloroquina não deveriam mais estar em discussão em relação às políticas de combate ao coronavírus no país.

“Tem dia que o município vai depender de um lockdown. Mas isso não pode ser uma política nacional. Por exemplo hoje, o Brasil precisa de ativação emergencial de leitos. E isso pode minimizar o tempo de lockdown. Isso é ciência”, defendeu a médica.

Ela destacou que chegou a prescrever a cloroquina no início da pandemia. Entretanto, no momento em que ficou provado cientificamente que o medicamento não tem eficácia, ela deixou de recomendar a droga.

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que tem coragem de fiscalizar TODOS os poderes
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO