ACESSE

Bivar nega expulsão de quem votou contra a PEC do Fundeb: "Motivos têm que ser mais fortes"

Telegram

Júnior Bozzella, vice-presidente nacional do PSL, disse a O Antagonista mais cedo que o partido poderia expulsar Bia Kicis e outros que votaram contra a PEC do Fundeb na Câmara, na última terça-feira.

Em entrevista ao UOL, o deputado Luciano Bivar, presidente nacional da legenda, negou essa possibilidade:

“O nosso partido é um partido liberal. A gente tem que respeitar a opinião de cada um. Esse fato por si só eu acho muito frágil. Se a gente vem dentro desse sentimento de independência, cada um tem suas razões para definir, para tomar posições. Se você não permitir essa liberdade de expressão, você não sai de uma caverna de ignorância.”

Em seguida, Bivar afirmou:

“Motivos têm que ser mais fortes [para a expulsão].”

Bolsonaristas, como noticiamos, disseram a O Antagonista que Bozzella “não tem o partido na mão” e ninguém será expulso. As declarações do deputado são vistas no grupo como “uma mera reação aos movimentos de reaproximação dentro do PSL, que ele próprio teme, pois enfraquece o grupo ao qual pertence”.

Leia mais: O Centrão quer dominar sua cidade. Entenda como

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 10 comentários