Luciano Bivar reassume comando do PSL

Em comunicado publicado hoje no Diário Oficial da União, Luciano Bivar, deputado federal eleito em Pernambuco, anunciou ter reassumido a presidência nacional do PSL, informa o Estadão.

Bivar se afastou do comando do partido para se dedicar à campanha. Em seu lugar estava o advogado Gustavo Bebianno, considerado o braço direito do presidente eleito, Jair Bolsonaro.

“O Bebianno é dedicado e fez bem o seu papel, atingindo o objetivo do partido de eleger Bolsonaro. Agora, o PSL precisa tomar corpo como partido político alinhado a Bolsonaro”, declarou o deputado eleito.

O advogado é um dos nomes cogitados para o Ministério da Justiça do novo presidente.

Bolsonaro presidente: você precisa entender o que isso significa. Leia AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 7 comentários
    1. A presidência já era do Bivar, ele só “emprestou” para o Bebiano que já fez o seu papel. Devemos muitos a ele foi ele quem liberou o partido e cedeu a todas as exigências que o Bolsonaro tinha.

    2. Os brasileiros tinham um partido conservador no século XIX; o Partido Conservador do Império, os mesmos que construíram esta nação. Caxias, Rio Branco, Marques de Olinda, etc, grandes estadistas.