Lúcio voltou!

Lúcio Vieira Lima apareceu hoje na Câmara depois da busca e apreensão da Polícia Federal, na segunda-feira, em seu gabinete e em seu apartamento em Salvador.

A Andréia Sadi, o deputado, irmão de Geddel, disse ter certeza de que “não vão achar nada”.

“O processo político é que transforma a busca e apreensão como se fosse uma condenação.”

Reveja o vídeo de Lúcio dançando três dias antes da descoberta do bunker atribuído ao seu irmão:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 12 comentários
  1. Também, pudera! Passados mais de 40 dias desde a descoberta do muquifo onde era guardada a grana da pilantragem, seria muita inocência supor que esses nobres senhores tivessem deixado rastros. A não ser que sejam muito burros – e tudo indica que não -, é de se duvidar que provas consistentes tenham sido obtidas na operação desta segunda-feira.
    E tem outra coisa: depois da apreensão daquela montanha de dinheiro, que provas mais seriam necessárias para enquadrar os seus guardiões?

  2. Tenho também a certeza de que “não vão achar nada”.!
    Houve tempo mais que suficiente para a destruição de possiveis provas.
    Mas não foi proposital essa demora