Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Luis Miranda é problemático, mas parece que não está inventando história"

Colegas do deputado dizem que ele é "vaidoso" e "tem credibilidade, com restrições", mas admitem a gravidade dos fatos revelados
“Luis Miranda é problemático, mas parece que não está inventando história”
Reprodução/Redes Sociais

O Antagonista ouviu quatro deputados próximos de Luis Miranda sobre a decisão do colega de tornar pública a informação de que alertou Jair Bolsonaro de possíveis irregularidades na compra da Covaxin. Ontem, Miranda deu uma entrevista exclusiva a este site: escute aqui.

Todos toparam comentar o caso com a garantia de que não teriam os nomes revelados.

“O Miranda tem credibilidade, mas com restrições, eu diria. Não é um cara que dá para confiar de olho fechado. É muito vaidoso. Se for preciso vender a mãe para aparecer, ele vende. Mas, claro, isso não afasta o potencial de gravidade do assunto que ele e o irmão levantaram”, afirmou um parlamentar com mais de 20 anos de vida pública.

Para um outro deputado, que está em seu segundo mandato na Câmara, “não tem meio termo nessa história” e “alguém vai sair mal”. Ele explicou:

“O que está sendo denunciado é algo muito grave. Se o Luis Miranda estiver blefando, ele vai ser cassado. Mas ele é do tipo de pessoa capaz de entrar na sala do presidente e gravar tudo. Acho que ele deve ter provas. Se não tiver, está enrolado. Se for verdade, é o Onyx quem vai se dar mal, porque ontem agiu como se quisesse obstruir as investigações.”

Os parlamentares comentaram que a entrevista de Miranda a O Antagonista, divulgada ontem em áudio, traz “fatos graves”, mas afirmam que será preciso agora aguardar os depoimentos do deputado e do irmão, servidor do Ministério da Saúde que denunciou o esquema, previstos para esta sexta-feira (25) à tarde.

“O Miranda é aquele sujeito problemático, mas parece que não está inventando história. Sobre o Onyx, não precisa nem falar”, afirmou outro deputado.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO