Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Luis Miranda fez um teatro e levou uma foto minha ao presidente", diz Ricardo Barros

O líder do governo alegou que foi associado ao caso Covaxin por iniciativa do deputado federal que citou a investigação envolvendo a Global no MPF
“Luis Miranda fez um teatro e levou uma foto minha ao presidente”, diz Ricardo Barros
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

O líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR), afirmou há pouco que o deputado federal Luis Miranda fez um “teatro” na sessão da CPI da Covid ao citar o seu nome no esquema de venda de vacinas Covaxin.

“Luis Miranda faz um teatro… Ele levou minha foto numa matéria da Global. E provavelmente foi a esse fato que o presidente se referiu”, disse o líder. “O presidente nunca afirmou. Ele perguntou.”

“E aí começa uma versão sobre esse caso”, complementou.

À CPI, Luis Miranda disse o seguinte:

Em 25 de junho, Miranda disse aos senadores: “Eu levei para a pessoa certa, na minha opinião, que deveria dar o devido provimento ao assunto, que é o Presidente da República. Presidente esse que não nega – é impossível negar – que nós estivemos com ele. Ele nos recebeu num sábado, por conta de que eu aleguei que a urgência era urgente, urgentíssima, devido à gravidade das informações trazidas pelo meu irmão para a minha pessoa.

O Presidente entendeu a gravidade. Olhando os meus olhos, ele falou: “Isso é grave!” Não me recordo do nome do Parlamentar, mas ele até citou um nome pra mim, dizendo: “Isso é coisa de fulano”. Não me recordo. E falou: “Vou acionar o DG da Polícia Federal, porque, de fato, Luis, isso é muito grave, isso que está ocorrendo””.

Posteriormente, Miranda disse, dirigindo-se à senadora Simone Tebet: “A senhora também sabe que é o Ricardo Barros que o Presidente falou”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO