Áudio: “O Brasil está sendo justo comigo?”, pergunta Luislinda

Luislinda Valois deu uma entrevista à Rádio Gaúcha há pouco. Como dissemos, ela quer acumular o salário de ministra com a sua aposentadoria de desembargadora aposentada. Também comparou sua renda de 33,7 mil reais ao trabalho escravo.

Os repórteres quiseram entender essa analogia com a escravidão.

“Primeiro, é o meu direito de peticionar. Gosto muito da imprensa, quando se fala a verdade. Agora eu tenho o direito de questionar. Não agredi a ninguém com minha petição. Só defendi o que eu acho justo.”

A ministra afirmou que, além dos gastos em Brasília, tem que manter sua casa em Salvador. E mais:

“Vim (para o governo) para trabalhar, não para passear. Trabalho de segunda a segunda. O Brasil está sendo justo comigo?”

Ainda acrescentou:

“Todo mundo sabe como aconteceu a escravidão. Fiz uma alusão a um fato histórico. Agora se querem me condenar porque estou pedindo um salário que eu acho justo, meu Deus… (…) Eu sou da paz, eu não sou de briga. Não sei por que essa celeuma.”

Escute a íntegra da entrevista clicando aqui embaixo:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;

Ler 115 comentários
  1. Cancela o provento de aposentadoria desta senhora e pague somente o salário de ministro. Se não for suficiente, peça para sair, vá viver com a aposentadoria, que já é seu direito adquirido. E passar bem lá na Bahia.

  2. Prezada Ministra, deixa eu te falar: As passagens aéreas para ir trabalhar e passear são pagas por mim, seu plano de saúde ilimitado é pago por mim, a sua moradia em Brasília é paga por mim, os serviçais e o carro oficial que a Sra. usa são pagos por mim. Ahh! Já ia esquecendo a sua aposentadoria como desembargadora do TJ da Bahia é paga por algum baiano. Aliás estou pensando em procurar esse infeliz para, em conjunto, despedir a Sra. por justa causa, afinal nós é que somos escravos do Governo a quem somos obrigados a recolher impostos para pagar o seu salário.

  3. É muita cara de pau ! Vou dar uma sugestão a ministra. Já que se considera sua remuneração como de um escravo, tem tantas despesas assim e esta trabalhando tanto, peça sua exoneração…

  4. É justo criar ministérios ou secretarias com status igual para acomodar correligionários? Criando mais fardo para os menos iguais que trabalham de sol a sol para sustentar essa máquina inútil e perdulária?

  5. Não está, não. Há milhares, ou seriam milhões?, de pessoas com supersalários tanto na a´rea federal como na estadual e municipal. A pergunta que não quer calar: Por que ninguém está providenciando o cumprimento da lei abate teto? Como juíza, acha certo afrontar a lei? Acha a lei injusta? É justo que o pagamento de pessoal consuma o orçamento em todas as esferas?

  6. Não entenderam a analogia com a escravidão? A doutora afro-descendente está apenas explorando a cor da sua pele para ter mais Direitos Humanos do que os demais seres humanos. Malandragem esquerdista…. De minha parte, dispenso os serviços desta senhora.

  7. A senhora deveria se envergonhar de usar o sofrimento de nossos ancestrais para comparar a um salario de mais de 30 mil reais.
    Usar o termo escravidão para definir um salario de 32 mil e pleitear um salario de 60 mil enquanto a população morre em filas de hospitais por falta de medicamentos e insumos básicos chega a ser desumano.
    Tenha um minimo de bom senso e vergonha e peça demissão, pois a senhora não é digna desse cargo

  8. Quanta injustica, ela nao tem mordomias por que?
    So ganha 33 mil?
    Nao tem empregadas, n anda de jatinho, n tem passagens aereas bem cartão corporativo?!
    Tem algo realmente errado.
    Procurem que acharao rsrsrs

  9. Antagonista, tem algo de podre nisso.
    Aposentada. 32 mil de aposentadoria.
    Pq aceitou ser ministra? E receber menos de 3.000,00.
    Com a previa intenção de se aposentar como ministra tambem!!
    E as mordomias do cargo ? Tem algo errado ai…..

  10. “Tudo me é lícito, mas nem tudo me convém.” Sabedoria de do apóstolo Paulo.
    A ministra desconhece o que é imoralidade. Sendo uma desembargadora, não deveria ignorar as virtudes.

  11. E daí, cara ministra Valois, todos nós brasileiros trabalhamos da mesma forma, compramos nossas roupas, pagamos nosso condomínio, contas, impostos. Nós nao andamos de jatinho pra la e pra ca nem recebemos 6o mil por mês.
    Vossa Excelência afirma que trabalha sábados e domingos. Duvido, não acredito. Conta outra, essa foi boa …

  12. esta caduca ai nao sabe viver com 33mil reais , mais os adicionais , assim ela mostra que politico ta apreendendo a roubar mesmo , ou tentando desfazer seus gastos particulares e colocando a nossas custas ,

  13. Porque será que essa gente se acha diferente dos reles mortais? Se ela não sabe como se manter com 33 mil que vá aprender com quem sobrevive com 900 e não tem a quem recorrer se atrasar aluguel pago pelo próprio bolso.

  14. A escravidão Ministra foi perpretada pelos portugeses, ingleses, holandeses, franceses e espanhóis além dos próprios africanos. são eles os responsáveis pelo tráfico de escravos. Você nunca escrava e ninguém vivo no Brasil escravizou alguma pessoa com exceção de alguns latifundiários políticos. O Brasil não tem nenhuma dívida a pagar, foi usado pelos europeus com destinação de escravos!

  15. Ela deveria ser demitida da função de Ministra. Então ficaria em casa, SEM TRABALHAR, recebendo “apenas” a sua aposentadoria como Desembargadora. Acho que seria a melhor forma de não submetê-la à condição análoga a de escravo.

  16. A sofrida! Tem muito profissional capacitado para ser ministro e por realização, não por salário! Ser ministro é bacana por poder praticar seus conhecimentos e contribuir para o desenvolvimento do país. No caso podeira contribuir para a real aplicação dos “direitos humanos”, contribuir para melhorar o acesso a saúde e o acesso a educação, lutar para garantir a segurança pública, fazer campanha para erradicar a fome, lutar por melhorias nas condições de trabalho, etc. Mas não, escolheram uma ministra barnabé, o importante são cotas (ministra mulher/etnia) e estabilidade (meu salário). Vergonha! Ridículo! Quem deveria ser ministra/o é alguém com competência!

  17. Conduta inadmissível. Um pensamento destes, agravado por uma desculpa sem fundamento moral para com a população que deve ser defendida dentro das prerrogativas dos DH, não deveria nem por um milímetro se passar pela cabeça de um ministro de direitos humanos. Não tem mais legitimidade, moral e nem respeito de seus interlocutores para continuar no cargo.

  18. Conduta inadmissível. Um pensamento destes, agravado por uma desculpa sem fundamento moral para com a população que deve ser defendida dentro das prerrogativas dos DH, não deveria nem por um milímetro se passar pela cabeça de um ministro de direitos humanos. Não tem mais legitimidade, moral e nem respeito de seus interlocutores para continuar no cargo.

  19. Afinal, R$ 32.000,00 não dão pra nada!!! Quanto ao trabalho escravo: Luislinda é negra, todo negro é escravo; logo, Luislinda é escrava! Tudo isso é de uma lógica irrefutável! Mesmo que a escravidão tenha acabado há 200 anos e a maioria da população seja mulata, é necessário fazer justiça social!!!

  20. Por que essa senhora não deixa o ministério, e da lugar para alguém que ainda não tem aposentadoria.
    Se ele tivesse um pouco e vergonha na cara, depois dessa declaração infeliz, ela pedia para sair.

  21. como a arte imita e vida, vemos também ao contrário/ – a Sra Zilda da Silva Sauro personagem de desenho animado, SOGRA DO DINO DA SILVA SAURO, lembra quem? e ela também reclamava de tudo e de todos, se dizia injustiçada!

  22. vagabundo sou eu que recebo, depois de r4ecolher inss pelo valor máximo durante 18 anos ( pois fui idiota de não ter continuado a contribuir como autonomo) e agora recebo míseros 930 e poucos/mês!
    não prestei concurso nem fui indicado por ninguém par uma “boqunha”bem remunerada e tenho que aguentar uma safada exigir seus “dereitos”para não ser considerada uma escrava!
    pôrra! dá pra viver num país como este?????
    gentalha!!!!!!!

  23. MINHA SENHORA, a senhora qd foi para o governo sabia que há um teto, nao quero teto, fica só com o salario e vai pra casa . acho melhor o presidente me chama e eu melhoor minha renda pq consigo viver com 1 Reais. Derrepente o presidente me chama para minsitra da economia, qum sabe?

  24. esse caso é ilustrativo: no Brasil a escravidão muitas vezes é diminuida, desrespeitada e utilizada da forma mais vil por alguns descendentes que ao invés de honrar a memória, as dores e humilhações de seus antepassados, os utilizam para se tornarem o novo senhor de engenho do sec. XXI, indiferentes a qualquer outra coisa que seu próprio bem estar.

  25. Coitada, ela ganha muito pouco, não é mesmo? Aliás, funcionário público, principalmente, dos altos escalões sempre estão ganhando pouco, mesmo estourando o teto constitucional. A turminha do judiciário então, nem se fala e, pode acumular 02 salários no funcionalismo, minha senhora? A senhora não é desembargadora? Não sabe disso? Já não recebe o teto? Ah, que linda, não? O governo deve cortar esse lixo de regime de cotas, inclusive, para ocupantes de ministérios. Mande essa senhora embora e coloque outra pessoa decente, pois essa, me desculpe, não é. Essa senhora é ridícula e está dando uma de João sem braço. Onde estão as ONG’s de defesa dos afros que NÃO aparecem para opinarem.

  26. Quer saber porque essa celeuma!!!!???? É óbvio!!!! Uma pessoa que não agrega nenhum valor ao governo, à sociedade aos cidadãos, que já ganha mais de R$ 30.000 mensais do governo fora as outras mordomias, quer dobrar o valor e ainda reclama de trabalho escravo!!??? Vamos pegar todo o dinheiro pago a essa senhora reclamona, e pagar para professores, médicos e policiais. Só quem tem direitos humanos no Brasil são os políticos no cargo . O que é que a dona Luislinda fez pelos cidadãos? Ela não vale a comida que come!!

  27. Pede pra sair, sem noção! Volta p senzala de onde nunca devia ter saído! Ridícula Louca Não sabe qt pessoas vivem com 1 sal/mínimo? Temer: já tem um bom motivo p detonar essa fulana.

  28. Se fosse nomeada por algum governo petista ninguém falava nada…a imprensa seria a primeira a silenciar…aliás como aconteceu em 15 anos de desmandos e corrupção do PT…agora como foi nomeada por temer, falam mal da senhora…

  29. Pede para sair não é obrigada a continuar. Nesse país que arruma uma teta não quer largar de jeito nenhum. Qualquer mudança sempre vai esbarrar nessa gente que quer levar vantagem. Essa pessoa é só um exemplo do quanto nós pagamos de privilégios para o funcionalismo público de um modo geral.

  30. Simples, se a senhora se acha injustiçada, filie-se ao petê. O partido dos santos do pau oco e dos vagabundos afetados. De gente que “roba”, deixa “robá” e que acha que os outros são trouxas e é tudo normal. Deixa de ser sonda!

  31. A verdade é uma só: SE TODOS ESTÃO MANDANDO NA “viúva”, EU NÃO MEREÇO UM PEITO???
    Isso é próprio de SERVIDOR PÚBLICO: só tem direitos.
    O CHEFE deve estar sem MORAL para demiti-la imediatamente.

  32. Será que doutora conhece algum quilombo e como vivem os remanescentes dos quilombolas, para ficar se fazendo de vítima da escravidão, só porque é negra? Toma vergonha na cara senhora secretária e deixe de mentir dizendo que trabalha muito, porque o Brasil todo sabe que não é assim. A senhora somente entrou no governo do canalha do Temer, porque achava que iria ganhar dois salários. Não fez até hoje nem para o “direito dos manos”…

  33. O RECALQUE É A MOLA PROPULSORA DESSA CORRUPÇÃO!!!!!!!!!!!Não há dinheiro roubado no mundo,que faça esse recalque sumir!!!Não é possível mudar as origens,mudar o passado!!!ORGULHO???KKKKKKK mentira,tem é VERGONHA e culpa a humanidade por isso!!!QUEM TEM ORGULHO NÃO PRECISA de COITADISMO e VITIMISMO!!!!RECALQUE É uma inveja q não termina nunca!

    1. Quem nos dera isso fosse verdade, o que se vê é prosperar a sacanagem, o povo correto sofrendo, enquanto essa gente “flanando” como suor dos impostos do trabalhador.

  34. Senhora secretária de Direitos Humanos,
    Luislinda Valois.
    Quando vi que a senhora é do PSDB – tem cara de petista, sabe? – até achei razoável sua fala de que receber somente R$ 33,7 mil por mês a equipararia a estar trabalhando em regime de escravidão. Afinal de contas, isso é uma mixaria para quem desempenha função tão nobre dentro do governo do chefe da Organização Criminosa do PMDB, Michel Temer.
    Fico imaginando seu dilema:
    – Bom, mesmo eu não estando fazendo nada de útil em termos de direitos humanos, nem tampouco para o direitos dos manos, já que o Brasil foi condenado pela Corte Internacional de Direitos Humanos da OEA por duas chacinas ocorridas em 1994 e 1995 – uma quando FHC era o presidente – poxa, tem tanta gente mamando nas tetas deste nosso governo corrupto, que eu estou sendo é mesmo injustiçada;

    – O presidente do meu partido, senador Aécio Neves, o mineirinho das planilhas de propina da Odebrecht, ficou um tempo afastado, recebendo tudo que tinha direito e voltou numa boa, acobertado pelos calhordas do Senado Federal e eu aqui recebendo somente R$ 33,7 mil por mês, quando poderia mamar os R$ 61 mil tranquilamente.

    1. A dilmanta, a anta de dentes podres petista pelo menos nos dava chance de rir. Era um programa humorístico eleitoral. Ela saudava a mandioca e ensacava vento e via um elemento oculto atrás de uma criança que era um cachorro. Saudades de dilmão!

    1. Exatamente o que eu iria perguntar a essa criatura….Um tapa na cara de cada brasileiro é o que tomamos todos os dias ao lermos as notícias. Vergonha.

  35. Seria interessante a exigente senhora relacionar as realizações de sua pasta. Houve uma sua antecessora que achava que escrever, conversar, se deslocar (em caros alugados; não havia ainda Uber) significava extenuante jornada.