Luiz Marinho: o mensalão 'nunca existiu'

Telegram

Luiz Marinho, pré-candidato do PT ao governo paulista com desempenho pífio nas pesquisas, disse hoje a Sergio Moro que o mensalão “nunca existiu”, relata a Folha.

Marinho prestou depoimento como testemunha de defesa no caso do sítio em Atibaia e indicou desconhecer qualquer esquema ilícito durante a presidência de Lula, hoje hospedado –muito a contragosto– na carceragem da PF em Curitiba.

O juiz federal perguntou, então, sobre o mensalão. “Não passa de uma tese do Roberto Jefferson (…) O mensalão não existiu, em absoluto”, respondeu o pré-candidato.

E assim ficamos sabendo que a PGR denunciou 40 pessoas e o STF condenou 24 –incluindo José Dirceu, Delúbio Soares e José Genoino–, num julgamento que durou um ano e meio, por algo que “não existiu, em absoluto”.

O universo paralelo do petismo é mesmo um negócio notável.

Comentários

  • PAULO -

    Não existe limite.

  • Tony -

    É Goebbels fazendo história 80 anos mais tarde no atualizadíssimo PT: repita uma mentira tantas vezes até que se torne verdade. Pobre povo brasileiro que, com sua boa vontade inata, é capaz até de acreditar. Chega brasileiros, chega de aceitar o PT.

  • maria -

    E os delírios dos petistas persistem. tão patológico, e assim querem continuar.

Ler 135 comentários