Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Lula ataca Bolsonaro em discurso de campanha pelas redes

Petista diz que presidente 'estimula o ódio e a violência' e defende medidas para 'baixar o preço dos alimentos' e não vender gasolina 'pelo preço em dólar'
Lula ataca Bolsonaro em discurso de campanha pelas redes
Foto: Reprodução, Facebook

Lula, que segundo o PT não irá às manifestações de 7 de Setembro contra Jair Bolsonaro, transmitiu nesta segunda-feira (6) pelas redes sociais um discurso alusivo ao Dia da Independência, com ataques ao presidente e plataformas de campanha.

“Ao invés de somar, ele [Bolsonaro] estimula a divisão, o ódio e a violência. Definitivamente não é isso o que o Brasil espera de um presidente”, disse o petista, veterano especialista em dividir o país em “nós contra eles”.

Em seu discurso, além de louvar os feitos do próprio governo, o ex-presidiário também anunciou eventuais propostas de campanha, como venda de gasolina pela Petrobras “não mais pelo preço em dólar” e redução do custo de alimentos —obviamente, não disse como fazer para desatrelar o preço dos combustíveis do mercado internacional nem como baixar preço de alimentos sem congelamento.

“Era de se esperar dele [Bolsonaro] um plano para gerar empregos, que desse um alento aos trabalhadores, que viesse dizer que a Petrobras vai voltar a vender gasolina pelo custo real e não mais pelo preço em dólar, porque foi essa política errada que fez disparar o preço dos combustíveis”, afirmou Lula.

“Que apresentasse medidas para baixar o preço dos alimentos para garantir um mínimo de dignidade a quem está na fila do osso”, acrescentou.

O populismo à esquerda, pelo visto, retornou com tudo.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO