Lula com o traseiro de fora

O juiz Sergio Moro homologou o acordo de delação premiada de Salim Schahin.

Segundo a Folha de S. Paulo, o sócio do Grupo Schahin disse que Lula deu o aval para o contrato fraudulento do navio-sonda Vitória 10.000 em troca de propina para sua campanha presidencial, em 2006.

O pagamento foi negociado por José Carlos Bumlai, operador de Lula.

Ao todo, 60 milhões de reais em propina.

Lula está com o traseiro de fora.