Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Lula continua a jurar que quer impeachment de Bolsonaro

Em mais uma tentativa de fingir que não deseja ver o presidente da República "sangrando" até 2022, o petista "cobrou" Arthur Lira
Lula continua a jurar que quer impeachment de Bolsonaro
Foto: Ricardo Stuckert/Fotos Públicas

O ex-presidiário Lula continua a jurar que quer o impeachment de Jair Bolsonaro.

Falando ao Nordeste, em entrevista à Rádio Salvador FM, o petista destacou que isso pode ocorrer caso haja pressão necessária para que a abertura do processo seja votada na Câmara.

Lula citou o “superpedido” de impeachment que foi apresentado na semana passada e cobrou uma posição do presidente da Câmara, Arthur Lira — que afirmou hoje que não há justificativa para abertura de um processo contra Bolsonaro.

“Impeachment já poderia ter acontecido porque já teve mais 120 pedidos de impeachment e não foi colocado nenhum em votação. Agora tem um grande pedido, assinado por centenas de entidades, num único processo, vamos ver se o presidente da Câmara coloca em votação.”

“O PT, inclusive, entrou na Suprema Corte pedindo para que obrigasse o cara [Lira] a pelo menos colocar em votação. Ele não é dono do país, ele não é dono de todo o poder, ele tem que colocar em votação para que o Congresso possa se manifestar“, acrescentou.

Lula e o PT seguem fingindo que não querem ver Bolsonaro “sangrando” até a disputa de 2022.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO