A fragilidade da defesa de Lula

Lula, assim como Dilma Rousseff, também reclamou dos depoimentos de Joesley Batista.

Seus advogados soltaram a seguinte nota mentirosa:

“Verifica-se nos próprios trechos vazados à imprensa que as afirmações de Joesley Batista em relação a Lula não decorrem de qualquer contato com o ex-Presidente, mas sim de supostos diálogos com terceiros, que sequer foram comprovados”.

Na verdade, Joesley Batista disse que falou diretamente com Lula sobre os 70 milhões de dólares depositados em sua conta no exterior.

Ele citou, em particular, um encontro no Instituto Lula, em 2014, quando avisou o comandante máximo da ORCRIM que os 300 milhões de reais em propinas doados oficialmente pela JBS para a campanha petista eram inverossímeis.