Lula e Dilma nos deixaram um mico de R$ 198 milhões

O Itamaraty estuda o destino das 44 embaixadas abertas por Lula e Dilma em países como Coreia do Norte, Serra Leoa e Libéria.

Um estudo da Comissão de Relações Exteriores do Senado afirma que o retorno dessas representações é “duvidoso”, um eufemismo para dizer que não servem para nada além de manter o Brasil como um nanico na diplomacia global.

E, ainda por cima, esses 44 micos nos custaram R$ 198 milhões no ano passado, segundo O Globo.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200