Lula está acima dos valores republicanos?

A professora Maria Victoria Benevides, que ataca levianamente a Justiça brasileira por investigar Lula, é autora de uma conferência intitulada “Educação para a Democracia”, em que defende a ideia de que se deve inculcar nos cidadãos, desde cedo, o zelo pelos valores republicanos.

Leiam o que ela escreveu:

“Nesta ordem de considerações, deve-se entender por valores republicanos, basicamente:

a) o respeito às leis, acima da vontade dos homens, e entendidas como “educadoras”, no sentido já visto na antigüidade clássica. “Todo verdadeiro republicano”, ensinava Rousseau, ” bebia no leite de sua mãe o amor da pátria, isto é, das leis e da liberdade”;

b) o respeito ao bem público, acima do interesse privado e patriarcal. Em nosso país trata-se de romper a tradição doméstica, tendente ao despotismo, que moldou nossos costumes (vale a pena lembrar que despotes, em grego, é pai de família, e que a família antiga, como bem observou Benjamim Constant, representava a negação de direitos e liberdades individuais);

c) o sentido de responsabilidade no exercício do poder, inclusive o poder implícito na ação dos educadores, sejam eles professores, orientadores ou demais profissionais do ensino. Em política, a responsabilidade tem dois significados, melhor compreensíveis na língua inglesa: accountabillity e responsibility. O primeiro termo significa o dever de prestar contas, englobando todos os mandatários, isto é, os que exercem o poder em nome de outrem; o segundo terno significa a sujeição de todos, governantes ou governados, ao rigor das sanções legalmente previstas. Em ambos os casos, a responsabilidade é da essência do regime democrático.”

Se a responsabilidade é da essência do regime democrático, ao atacar levianamente a Justiça brasileira por investigar Lula, Maria Victoria Benevides mostra que não é responsável nem democrata.

Para ela, Lula está acima dos valores republicanos.