Lula: Marisa administrava a casa

Lula disse a Sérgio Moro que não participou do contrato de aluguel do duplex vizinho ao seu, assim como não acompanhava questões domésticas.

Ele disse que fez uma conta conjunta com Marisa para que ela pudesse resolver os problemas de casa. “Aluguel, condomínio, IPTU, era tudo ela que fazia.”

Lula disse que se surpreendeu quando soube que o aluguel não era pago a Glaucos Costamarques. Ele disse que os comprovantes devem estar numa “arca” em sua casa.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;

Ler 28 comentários
  1. Marisa é a responsável por criar o PT. Marisa é responsável por criar o Foro de SP. Marisa é responsável pelo mensalão. O escândalo dos aloprados tem a mão de Marisa também. Marisa indicou os ministros do STF. Marisa é responsável pelo petrolão. Marisa indicou Janete, o poste. Marisa sempre foi garota propaganda da Odebrecht. O tripexi também foi idéia da Marisa. O sítio foi mais um capricho da Marisa. O instituto lula foi todo pensado e colocado em operação por Marisa. Marisa indicou todos os cargos dos governos ptistas. Marisa idealizou o projeto cleptocrata ditatorial de tomada do estado e perpetuação no poder. Marisa enfim é a maior mente criminosa do Brasil e líder da ORCRIM. Ainda é investigada a influência de Marisa no aquecimento global, para o fim dos dinossauros, e outros fenômenos como furacões, tsunamis, buracos negros. Sóquenão !!! Mas serviu como um excelente palanque para comício raivoso. Hashtag by Lula: Marisa, minha malvada favorita !

  2. Lula cometeu um GRAVE ATO FALHO:
    Disse que o Glauco declarava o aluguem no imposto de renda, assim como ele tambem.
    Como Lula poderia ter conhecimento da declaração de imposto de Glauco? Teriam combinado que tal declaração, supostamente falsa, seria um álibi?

  3. Por que as feministas socialistas do Brasil, sempre tão atuantes, nunca alertaram a marisa sobre a sua condição de amélia-ultrapassada e a tiraram dessa situação constrangedora? Seria por inveja, sonhando e ansiando para ocupar o lugar dela? E agora, vão continuar quietinhas com o que o machista está fazendo com ela morta, que nem pode se defender?

  4. No capítulo anterior:

    No interrogatório ao juiz, o réu viúvo admitiu que esteve no apartamento acompanhado de sua mulher ao lado do empreiteiro, amigão do casal.
    — De quem era o apartamento, excelência?
    — O apartamento estava no nome da minha mulher.
    — Conheceu o apartamento?
    — Conheci. Achei o apartamento uma porcaria, tinha uns mil defeitos.
    — Pode citar os mais caros, ao senhor?
    — Escada, elevador, cozinha… terraço ‘gurmê’. Mil defeitos! O principal era que ficava na praia.
    — Vossa Excelência, não gosta de praia?
    — Adoro! Minha esposa é que não gostava das ‘muriçoca’. Tinha alergia.
    — O local era inadequado?
    — Sabe, doutor, era inadequado para mim. Muito acochado.
    — O triplex era… pequeno, para o senhor?
    — Entre outros defeitos, a vizinhança era muito minha casa, minha vida.
    — A vizinhança atrapalhava o senhor?
    — Veja bem, seu juiz, pé na areia ao lado de coxinhas, me causaria ‘pobremas’…
    — De que tipo?
    — ‘Bule’! Assédio imoral! Já viu o apê do Wagner? O dele tem até… teleférico. Ia tirar sarro da minha cara!
    — Sei… diz que não tinha interesse. Nunca pensou em reformar o imóvel?
    — Nunca.
    — E sua esposa?
    — Aí, eu não sei. Tem que perguntar pra ela. Lamentavelmente, não tá aqui pra me defender.
    — A sua cônjuge nunca lhe relatou nada?
    — Não, nunca, querido.
    — O empreiteiro prometeu reformar o apartamento?
    — Ele reformou… a proposta.
    — Reformou como?
    — O Leozinho é meu amigo, mas tava querendo me empurrar o triplex. O senhor sabe, vendedor é tudo igual. Eu também queria vender o meu peixe, de qualquer jeito.
    — Vendedor? Os senhores negociaram o imóvel, como um tipo de permuta?
    — Eu disse: “Léo… essa joça tem quinhentos defeitos!”
    — Não eram… mil defeitos?
    — A gente tava negociando. Ele deu desconto. Naquela altura, deixou por quinhentos.
    — Desconto? Então… fecharam o negócio?
    — Não. Era muito… defeito, ainda, pra mim.
    — Marcaram outra rodada de negociações?
    — Depois que visitei o local, nunca mais conversei com o Leozinho sobre isso.
    — E sua esposa, voltou a conversar com ele?
    — Me parece que ela voltou lá com o meu menino. Queria o imóvel, mesmo cheio de defeitos, pra investimento.
    — Investir em defeitos? Estranho.
    — Também achei. Ela não me contava tudo. Sem querer, querendo, chequei com meu filho.
    — O que apurou?
    — Ele disse que tava ainda pintando… sujeira. Tava meio rasurado nas paredes. O que não cooperava, em nada. Faltava limpar a coisa toda. Apagar o borrão. Uma maresia, um nopró soprando da Bancoop, algo assim.
    — Chegou a conversar, com sua esposa, sobre essas… rasuras?
    — Fiquei na minha. Apaguei tudo… da memória.
    — Reconhece esse documento apreendido na sua casa?
    — Aonde tava isso?
    — Dentro de uma gaveta no armário da cozinha.
    — Na gaveta dos ‘pano de prato’? Tá assinado?
    — Não, nesse caso, sem assinatura ou visto.
    — Então, nunca tinha visto! Quem colocou lá, doutor?
    — É a minha pergunta. Como sabe que estava nessa gaveta? A sua esposa lhe contou?
    — Comentou que tinha ‘uns papel’ na gaveta do ‘aldemário’ da cozinha, embrulhado no ‘prástico’.
    — Aldemário? O senhor, disse Aldemário?
    — Hein? Nunca! Armário, eu disse ‘armário’, doutor!
    — Que tipo de armário de cozinha, o senhor, tem em casa?
    — No apartamento ou no sítio, querido?
    — Que sítio?

    O advogado de defesa revirou-se na cadeira, muito agitado.
    — Ui! Essa doeu, caramba! O que foi, Cristiano? Sítio, nunca o quê, criatura?
    — No microfone, excelência. O que disse?
    — Nada, seu juiz! Meu ‘adevogado’ é que me beliscou aqui… num ‘sítio’ bem delicado!

  5. TEM UMA AMIGA MINHA DO LOVE STORY QUE ADMINISTRA UMA CASA, SABE DE TUDO, ELA SÓ TRABALHA COM CONSOLO ACIMA DE 26 CM PARA GRANDES EMPRESARIOS SABE DE TUDO.
    ENFIA ATÉ O FIM SEM DÓ.
    a casa se chama buracão igual ai BRAZIL.

  6. PERGUNTA PARA ROSE ELA TB DEVE SABER DE ADMINISTAÇÇAO, NãO ERA TA COMPETENTE em administritar O O ESCRITORIO DA AVENIDA PAULISTA????????????????????????????????????????????????????
    alias a rose sumiu né?????????????????????????????????????????????????????????????????

  7. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk………….INACREDITÁVEL, SÓ RINDO PARA NÃO CHORAR.