ACESSE

"Lula não será julgado em 24 de janeiro"

Telegram

“Lula não será julgado em 24 de janeiro.”

É a expectativa do presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, desembargador Manoel de Queiroz Pereira Calças.

Ele disse para o Estadão:

“No meu modo de ver, com a experiência que tenho, não haverá esse julgamento no dia 24. No meu modo de ver, particular, pessoal, haverá pedido de adiamento para sustentação oral.”

Lula tem de ser julgado e condenado o quanto antes.

Comentários

  • Felipe -

    O que esse desembargador canalha está dizendo! Depois dizem que a justiça é imparcial....não está politizada...imagina! É coisa da extrema direita delirante...

  • gilson -

    Deve ter ocorrido erro na interpretação das palavras do Presidente do TJ/SP. Adiamento para pedido de sustentação oral? A nota do TFR-4 indica que haverá sustentação oral (30 min para o MF e 15 min para os advogados de cada um dos acusados). A lei processual prevê isso em todo e qualquer julgamento em segunda instâncias. A única hipótese para adiamento seria a impossibilidade comprovada de comparecimento de advogado da parte, porém como cada acusado possui mais de um advogado, todos teriam que estar impossibilitados. Vai ocorrer o julgamento não apenas do luladrão, mas dos recursos de todos os acusados e do MP.

  • Nélio -

    Isso está me parecendo uma torcida do desembargador...

Ler 77 comentários