ACESSE

Lula: “Não sou pombo-correio para colocar tornozeleira”

Telegram

Em discurso em Recife, Lula atacou os procuradores da Lava Jato, Sergio Moro e reafirmou que se recusa a usar tornozeleira.

“Primeiro, disse para eles que a minha casa não é uma prisão. A minha casa é meu lugar de liberdade. Segundo que a minha canela não é de pombo e não sou pombo-correio para colocar tornozeleira.”

Como Lula e o PT agem para incitar a baderna e fazer Bolsonaro sangrar até 2022. Mais aqui

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 181 comentários