Lula não tem vergonha de mentir

Lula teve coragem de falar sobre a Petrobras durante seu discurso no evento contra a Lava Jato. Ele quer convencer — não se sabe quem — que a Petrobras está sendo prejudicada agora, após a saída do PT do governo.

Talvez seja preciso lembrá-lo que a estatal:

  • Foi saqueada em pelo menos 6 bilhões de reais, só em desvios para o pagamento de propinas. Das contas de propinas pagas pelas empreiteiras, saíram desde valores para financiamento de campanha, até reforma de apartamentos de José Dirceu e do sítio do próprio Lula.
  • Perdeu mais de US$ 45 bilhões em receitas (entre 2011 e 2014), devido ao congelamento do preço dos combustíveis determinado pelo governo, uma gambiarra, na tentativa de segurar a inflação, que havia se desgarrado durante o governo Dilma.
  • Nunca havia queimado tanto dinheiro à toa. Leia o post abaixo:

Fatos contra a desonestidade

Brasil 09.01.17 14:51

É claro que ninguém em sã consciência e com o mínimo de honestidade intelectual compra a história de Cancella. Mas, para não deixar dúvidas, vamos aos fatos:

  • Entre 2003 e 2015, as administrações petistas aumentaram a dívida da Petrobras de US$ 5,9 bilhões para US$ 100,4 bilhões.
  • Nesses treze anos, a Petrobras torrou US$ 350 bilhões e aumentou a produção de petróleo em 526 mil barris ao dia.
  • Na comparação com os treze anos anteriores, de 1990 a 2002, a estatal investiu US$ 47 bilhões e elevou a produção em 865 mil barris ao dia. Observação: os investimentos foram todos atualizados a valores presentes.

Conclusão: as administrações petistas investiram sete vezes mais na comparação dos dois períodos. O aumento da produção de petróleo, no entanto, ficou 40% abaixo do alcançado entre 1990 a 2002. Foi muita incompetência e muita corrupção.