Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Lula nega conversa com militares e diz que desfile foi "patético"

No Twitter, o ex-presidiário afirmou que não houve qualquer tipo de aproximação e criticou a presença de membros das Forças Armadas na política
Lula nega conversa com militares e diz que desfile foi “patético”
Foto: Ricardo Stuckert/Fotos Públicas

O ex-presidiário Lula negou ter conversado com militares. O petista se pronunciou nesta terça-feira (10) no Twitter após as notícias de que ele estaria fazendo uma ponte com ex-comandantes e integrantes do Ministério da Defesa, de olho na disputa de 2022.

“Não tem carta pra conversar com militares. Se tivesse carta seria para o povo brasileiro e dentro disso estão os militares. Se militar quiser fazer política, ele renuncia o cargo, tira a farda e se candidata. Não tem problema. Já fui chefe das Forças Armadas, eles sabem como tem que se comportar. Cuidando da nossa soberania, dentro da Constituição. O Bolsonaro se comporta como se as Forças Armadas fosse um objeto particular dele, como se fosse um brinquedo”, escreveu.

Lula também criticou Jair Bolsonaro ao comentar o desfile de blindados que ocorreu mais cedo no Esplanada dos Ministérios, em Brasília.

“Não tem conversa especial com Forças Armadas, vou tratá-los com respeito, como temos que tratar todas as instituições. Isso que aconteceu hoje foi uma coisa patética. Se o Bolsonaro queria uma foto com militar era só ter visitado um quartel.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO