Lula pressionou a OAS a contratar empresa do marido de Rosemary Noronha

Léo Pinheiro relatou à Lava Jato que o primeiro pedido para que a OAS contratasse o marido de Rosemary Noronha – a amiga do amigo – foi feito em 2012, por Ricardo Flores, presidente da Previ.

Em 2014, segundo a Folha de S. Paulo, o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamoto, disse a Léo Pinheiro que a empresa do marido de Rosemary Noronha “havia tido prejuízo no contrato com a OAS e por isso pediu uma nova oportunidade.”

Em outubro de 2014, num encontro com Lula e Paulo Okamoto no Instituto Lula, Léo Pinheiro “foi pressionado” pelo próprio presidiário, “que teria se mostrado profundamente irritado com a demora na contratação”.

Em 5 de novembro de 2014, o empreiteiro reuniu-se com Rosemary Noronha e seu marido para garantir que as pendências seriam resolvidas.

“Antes do ano chegar ao fim, a New Talent assinou contratos com a companhia baiana para realizar obras num empreendimento de revitalização da favela do Real Parque, na zona sul da capital paulista”, por um valor de 1,8 milhão de reais.

Comentários

  • claudio -

    O Lula, contrata o Dr. Bumbum para dar um jeito neste tribufu, ta com cara de bumbum, e bumbum com sua cara....

  • Luiz -

    Deixe eu entender, o molusco comia a Rose e arrumava contratos para o marido (corno) dela, que triângulo amoroso financeiro, será que o marido da Rose traçava o nine fingers também?

  • Vilma -

    Pq esse Leo Pinheiro num tem vídeo, foto ou algum documento q comprove essas coisas fica esse disse q disse . É só mais uma pra sair da cadeia . Se não tivesse esse prêmio eu acreditaria .

Ler 93 comentários