Lula quer nova denúncia por lavagem na Justiça de SP

Lula quer nova denúncia por lavagem na Justiça de SP
Foto: Thiago Bernardes/FramePhoto/Folhapress

A defesa de Lula pediu a Luiz Antonio Bonat que transfira de Curitiba para São Paulo a nova denúncia apresentada pela Lava Jato que o acusa de lavagem de dinheiro, por R$ 4 milhões depositados pela Odebrecht em 2013 e 2014 na conta do Instituto Lula.

A força-tarefa no Paraná entende que os repasses tinham como origem contratos obtidos na Petrobras por meio de fraude em licitações. O dinheiro saiu da conta corrente de propina mantida pela construtora em favor do PT, administrada por Marcelo Odebrecht na “Planilha Italiano”, com base em acertos feitos com o ex-ministro Antonio Palocci.

No pedido a Bonat para tirar o caso da Lava Jato, Cristiano Zanin Martins valeu-se de várias decisões de Gilmar Mendes que enviaram investigações ligadas a essa conta para a Justiça Federal do Distrito Federal.

O advogado, no entanto, sustenta que, mesmo assim, o caso deve ir para São Paulo, porque as transferências foram feitas na capital paulista.

“Em nenhum momento, é possível estabelecer qualquer vínculo entre as doações feitas ao Instituto Lula e a petrolífera”, diz o pedido.

Leia mais: Foro privilegiado: o STF dividido de novo
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 28 comentários
TOPO