ACESSE

Lula questiona delação da Odebrecht em novo recurso contra condenação pelo sítio

Telegram

Em mais um recurso contra a condenação de Lula no caso do sítio de Atibaia, a defesa resolveu agora questionar o acordo de delação da Odebrecht, que embasa parte da denúncia.

Cristiano Zanin quer anular a sentença sob a alegação de que os executivos receberam pagamentos ao aderir à colaboração conjunta, por orientação da empresa.

Em tempo: o acordo foi fechado perante o STF e é impossível que o TRF-4 anule qualquer de suas cláusulas.

No início deste mês, o TRF-4 rejeitou um primeiro recurso da defesa e manteve a condenação a 17 anos de prisão por corrupção e lavagem.

Leia também: A PF concorda com Lula: Lulinha é um "fenômeno" dos negócios...

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 33 comentários