Lula só pode ser julgado por Deus

O STJ julgará um pedido de suspeição da defesa de Lula contra Sérgio Moro e o desembargador João Pedro Gebran Neto, do TRF-4, encarregado de relatar os recursos contra as decisões de Moro na Lava Jato.

Os advogados do petista alegam que ambos os magistrados não têm imparcialidade para julgar Lula, porque são amigos.

Fica combinado que Lula só pode ser julgado por Deus, basicamente.

Faça o primeiro comentário