ACESSE

Lula vai à ONU reclamar de posts do Facebook

Telegram

Entre o que chamou de “novas provas” sobre a parcialidade do Judiciário brasileiro para julgar Lula, a defesa do ex-presidente apresentou à ONU posts de Facebook, registra o Estadão.

São textos postados pela chefe de gabinete do presidente do TRF-4, Carlos Eduardo Thompson Flores, que pediam a prisão do petista.

Thompson Flores não participou do julgamento que condenou Lula a mais de 12 anos de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro.

O ocaso de Maduro: vai sair ou 'ser saído'? Leia aqui

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 94 comentários