Luleco pode ter embolsado 4 milhões

O Estadao informa que a LFT Marketing Esportivo, de Luís Cláudio Lula da Silva, pode ter embolsado até R $ 4 milhões do escritório de lobby Marcondes e Mautoni, acusado pela Polícia Federal de pagar propina a agentes públicos para obter a aprovação de medidas provisórias que beneficiaram o setor automobilístico.

A PF encontrou contratos de serviços em nome da LFT que somam R $ 3,6 milhões, além de um outro contrato, sem timbre, no valor de 399,6 mil. O texto do documento seria idêntico aos demais, o que levou a PF a deduzir que pertence ao mesmo conjunto de contratos de Luleco.

A PF, aliás, descobriu que Luleco reproduziu documentos da internet no estudo que diz ter realizado para o escritório de lobby. Para a PF, esta cada vez mais claro que o caçula de Lula não prestou qualquer serviço e que os documentos foram forjados para encobrir o repasse de propina.

Faça o primeiro comentário