ACESSE

Lupi diz que candidatura de Ciro em 2022 é 'irreversível'

Telegram

Desde que saiu da prisão, Lula não procurou o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, que foi seu ministro do Trabalho.

“Não tem por que ele me procurar. Tenho estima pelo presidente Lula e vou continuar tendo. Acho que não me procurou porque ele sabe que a gente já tem candidatura própria. A candidatura do Ciro [Gomes, em 2022] é irreversível”, disse a O Antagonista.

Nas eleições municipais deste ano, o PDT deve ter candidato em pelo menos 17 capitais, segundo Lupi. Não há, a princípio, restrições a alianças com o PT nos estados.

“Cada cidade tem a sua realidade. Não há veto nenhum.”

Em maio do ano passado, Lupi visitou o ex-presidiário na Polícia Federal de Curitiba, acompanhado do ex-governador da Paraíba Ricardo Coutinho. Em entrevistas à época, o presidente do PDT contou que saiu da carceragem dizendo: “Presidente, até breve, lá fora”.

Esquemão PT-PMDB delatado. LEIA AQUI

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 51 comentários