Macron e Maduro são os campeões dos discursos longos na ONU

Macron e Maduro são os campeões dos discursos longos na ONU

Por causa da pandemia do coronavírus, a ONU pediu que os chefes de estado e de governo enviassem vídeos gravados de até 15 minutos para serem apresentados na sua Assembleia-Geral, que começou na terça (22) e vai até amanhã.

Jair Bolsonaro e Donald Trump cumpriram o combinado, com vídeos de 15 e 10 minutos, respectivamente. Outros líderes, porém, não conseguiram conter o ego.

Até a tarde desta quinta, 24, o campeão do discurso mais longo era Emmanuel Macron –o presidente da França falou por 48 minutos. Em seguida vem o ditador da Venezuela, Nicolás Maduro, com 37 minutos.

Para Dorival Guimarães Pereira Jr., professor de relações internacionais do Ibmec, o francês “quer firmar-se como estadista e como porta-voz da União Europeia. Mas a verdade é que ele não é uma coisa nem outra”.

LEIA AQUI a reportagem de Duda Teixeira na Crusoé; assine a revista e apoie o jornalismo independente.

Leia mais: CENSURA À IMPRENSA: O EXEMPLO QUE VEM DO SUPREMO
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 7 comentários
TOPO