ACESSE

Maduro alerta militares sobre suposta invasão americana

Telegram

Nicolás Maduro pediu que os militares da Venezuela “não baixem a guarda”, após a agência Associated Press noticiar que, em 2017, Donald Trump avaliou a possibilidade de invadir o país.

“Não podem baixar a guarda nem por um segundo, porque defenderemos o maior direito de nossa pátria em toda a sua história (…), que é viver em paz”, disse o ditador chavista em cerimônia de promoção de generais e almirantes.

Maduro afirmou que as revelações provam a veracidade de suas denúncias de que os EUA planejam atacar militarmente a Venezuela para se apoderar de suas vastas reservas de petróleo.

“É claro que não é uma coincidência.”

É claro que Maduro ia aproveitar a notícia da imprensa americana para legitimar a narrativa dele.

Trump sugeriu que EUA invadissem Venezuela, diz agência

Comentários

  • Giusti -

    Não podemos esquecer Óscar Pérez. Não apenas por ser herói e amar seu país, mas tbm para q não se cometam os mesmos erros q ele cometeu. Os EUA poderiam formar uma Força Tarefa com os venezuelanos como Óscar, treiná-los, armá-los e fazer o planejamento p q mais não morram como Óscar.

  • Eleitor -

    Maduro condenou a Venezuela à eterna miséria. Lamento e torço pelos Venezuelanos para que superem esse período triste de sua história em que o comunismo destruiu mais um país. Mas tenho certeza que a Venezuela virará essa página !!!

  • Antonio -

    O cara fala em reservas de Petróleo embaixo do solo, está extraindo cada vez menos petróleo pela incompetencia de seu Desgoverno Chucrão, a PDVSA extraia 3 vezes mais Petróleo que a Petrobras quando Chaves assumiu o poder, agora extrai menos que a Petrobras.Enquanto a PDVSA cai a Petrobras Sobe.

Ler 47 comentários