Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Mãe contou a pediatra que Henry tremia e vomitava ao ver Jairinho

Mãe contou a pediatra que Henry tremia e vomitava ao ver Jairinho
Foto: Reprodução/Redes sociais

Seis dias após ser informada pela babá de Henry que o filho, de 4 anos, era agredido por Dr. Jairinho, a mãe do menino, Monique Medeiros, contou a uma prima pediatra que ele tremia e vomitava ao ver o padrasto.

A Polícia Civil obteve a informação em uma conversa recuperada do celular de Monique. O material consta no inquérito que apura o envolvimento do casal na morte de Henry.

Em uma das mensagens, enviada no dia 18 de fevereiro, Monique escreveu:

“Henry está com medo excessivo de tudo, tem um medo intenso de perder os avós, está tendo um sofrimento significativo e prejuízos importantes nas relações sociais, influenciando no rendimento escolar e na dinâmica familiar. Disse até que queria que eu fosse pro céu pra morar com meus pais, em Bangu.

Monique também contou que, quando o filho vê o Jairinho, diz que está com sono, que quer dormir e não olha para ele”.

Ela ainda disse: “Nunca dormiu sozinho, mas antes ficava no quarto esperando irmos ao banheiro ou levar um lanche, agora se recusa a ficar sozinho, não tem apetite, está sempre prostrado, olhando para baixo, noites inquietas com muitos pesadelos e acordando o tempo inteiro. Chora o dia todo”.

Foto: Reprodução
 

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO