ACESSE

Mãe de miliciano foragido foi lotada em gabinete de Flávio Bolsonaro

Telegram

A mãe de um dos milicianos procurados pela polícia na operação Os Intocáveis, o Capitão Adriano, foi lotada no gabinete de Flávio Bolsonaro, diz o G1.

Raimunda Veras Magalhães aparece no relatório do Coaf como uma das remetentes de depósitos para Fabrício Queiroz.

O Capitão Adriano está foragido.

O filho mais velho de Jair Bolsonaro, o deputado estadual, Flávio Bolsonaro, concede entrevista aos jornalistas.

Você tem 1 semana para conhecer a estratégia de um político para retomar o poder em Brasília. Leia aqui

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 332 comentários