ACESSE

Maia cria comissão especial para analisar PEC da prisão em 2ª instância

Telegram

A comissão especial que vai analisar a PEC da prisão em segunda instância foi homologada ontem pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia.

O grupo será formado por 34 deputados titulares e 34 suplentes. Os líderes partidários farão as indicações dos nomes.

A PEC, de autoria do deputado Alex Manente, do Cidadania de São Paulo, teve sua admissibilidade aprovada ontem pela CCJ da Câmara.

Depois de passar pela comissão especial, o texto será encaminhado ao plenário da Casa, onde precisará do apoio de três quintos dos deputados (ou 308 de 513).

O ministro da Economia, Paulo Guedes, se reúne com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia no Ministério da Economia.

Lula ataca: o chamado ao caos e ao passado. Saiba mais

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 39 comentários