Maia critica deputado do PSL que arrancou cartaz

Rodrigo Maia criticou a destruição de um cartaz que fazia parte de uma exposição na Câmara em comemoração do Dia da Consciência Negra, informa a Agência Câmara.

O cartaz foi retirado e quebrado pelo deputado Coronel Tadeu, que o considerou uma afronta ao trabalho dos policiais.

“Não é porque nós divergimos da posição da outra pessoa que nós devemos agredi-la verbalmente e fisicamente ou retirar de forma violenta, de uma exposição, uma peça que foi autorizada pela presidência da Câmara”, disse Maia.

O presidente da Câmara afirmou ainda que o cartaz “pode até ser injusto com parte da polícia, mas poderia ter uma solução que não fosse retirando pessoalmente a peça”.

Comentários

Os comentários estão desabilitados