Maia, de novo, não deixa claro se buscará uma nova reeleição na Câmara

Maia, de novo, não deixa claro se buscará uma nova reeleição na Câmara
Foto: Reprodução/TV Câmara

Em entrevista ao UOL, Rodrigo Maia, mais uma vez, não descarta por completo a possibilidade de tentar uma nova reeleição como presidente da Câmara, em fevereiro do ano que vem.

O STF começará a julgar na próxima sexta-feira uma ação do PTB que questiona a possibilidade de reeleição de Maia e de Davi Alcolumbre.

“Uma coisa é poder, outra coisa é querer. Isso não significa que eu vá disputar a reeleição. O STF vai ter que decidir, isso é uma construção.”

Em seguida, Maia afirmou que “precisamos construir uma frente de centro” e que “uma grande frente com um nome que gere consenso talvez seja o melhor para a Câmara”.

Questionado se o nome dele poderia ser esse nome, ele respondeu:

“A gente pode construir outro.”

Segundo Maia, o próximo presidente da Câmara terá que demonstrar uma “independência clara” em relação ao governo federal, sem impedir a tramitação de pautas importantes para o país.

“A gente precisa desse perfil, de diálogo, equilíbrio, que garanta a independência da Casa.”

Mais cedo, como noticiamos, Michel Temer defendeu a tese de reeleição.

Leia mais: A revista que fiscaliza TODOS os poderes e conta com os melhores colunistas do Brasil.
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 13 comentários
TOPO