Maia dirá ‘não’ a Renan

Rodrigo Maia evitará ao máximo “colar” em Renan Calheiros nos próximos dias.

Andréia Sadi informa que o presidente da Câmara decidiu, por ora, não desengavetar uma PEC aprovada no Senado em 2013 que acaba com “a aposentadoria compulsória com recebimento dos vencimentos para o Ministério Público e para o Judiciário por improbidade”, como queria Renan.

Faça o primeiro comentário