Maia diz não ter 'dúvida nenhuma' de que Pazuello cometeu crime

Maia diz não ter dúvida nenhuma de que Pazuello cometeu crime
Foto: Adriano Machado/Crusoé

Em seus últimos dias como presidente da Câmara, Rodrigo Maia disse nesta segunda (25) não ter “dúvida nenhuma” de que Eduardo Pazuello cometeu crime em sua atuação no combate à pandemia do coronavírus.

“Tenho defendido a CPI da Saúde porque, se nós tivéssemos a prerrogativa do impedimento de um ministro, que não é nossa, não tenho dúvida [de] que já tem crime. Pelo menos o ministro da Saúde já cometeu crime, não tenho dúvida nenhuma”, disse o deputado em entrevista coletiva.

Segundo Maia, é preciso investigar a “irresponsabilidade do tratamento precoce” proposto pelo Ministério da Saúde, a falta de respostas à oferta de vacinas pela Pfizer e o fato de a pasta não ter se aliado ao Instituto Butantan para acelerar a produção da vacina contra a Covid-19.

“Tudo isso caracteriza crime, e a PGR já está investigando.”

Leia mais: Crusoé expõe o que está na mesa de negociações pela sucessão na Câmara e no Senado, entre elas a liberação bilionária de emendas, oferta de ministérios, promessas de implosão da Lava Jato, entre outras
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO