Maia diz que BR do Mar não está 'pronta para votar' e cancela sessão

Maia diz que BR do Mar não está pronta para votar e cancela sessão
Foto: Reprodução/TV Câmara

Rodrigo Maia interrompeu há pouco as discussões no plenário da Câmara e adiou a votação da BR do Mar, proposta de Tarcísio Freitas para abrir o setor de cabotagem.

Para o presidente da Câmara, a proposta não estava pronta para votar. Maia deu até o fim do dia para o relator, deputado Gurgel (PSL), entregar um novo parecer.

“Estou aqui com o partido do relator, alguns outros líderes. O líder do governo [Ricardo Barros] não está no plenário. Eu não acho que essa matéria esteja pronta para votar hoje, então eu vou encerrar a sessão. [Peço para que] Tanto o relator quanto o governo cheguem a um texto, até hoje à noite, para que na segunda-feira a gente vote a cabotagem.”

Como temos mostrado, a BR do Mar tem urgência constitucional e tranca a pauta da Câmara. Sem votar a proposta, a Casa fica impedida de analisar outros projetos de lei.

“Temos outras matérias que estão sendo obstruídas pela cabotagem, como a regulamentação do Fundeb, o PLP 101, que resolve e organiza a dívida de estados, que é muito importante que seja aprovada na próxima semana, ente tantas outras matérias. Para que a gente não vote uma matéria complexa de forma desorganizada, peço ao líder [Felipe] Francischini que ajuste o texto com o governo, com a oposição e apresente o relatório.”

A BR do Mar tem servido como um cabo de guerra entre o Planalto e Maia. O governo insiste em manter a urgência da proposta —que não tem a simpatia de caminhoneiros–, enquanto o presidente da Câmara chama a pauta do Planalto de “cortina de fumaça”.

No pano de fundo, claro, estão as eleições para a presidência da Câmara. O candidato do Planalto é Arthur Lira, e Maia tenta reeleger-se ou colocar no cargo algum aliado.

Leia mais: As notas exclusivas da Crusoé são fonte de informação indispensável para entender o que ocorre na capital federal e adjacências.
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 19 comentários
TOPO