Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Maia diz que MP é "capenga" e acordo era reduzir 50% dos salários

Maia diz que MP é “capenga” e acordo era reduzir 50% dos salários
Foto: Adriano Machado/Crusoé

Rodrigo Maia afirmou que a medida provisória que permite a suspensão dos contratos de trabalhos por até quatro meses diverge do que foi conversado com o governo na semana passada. Segundo o presidente da Câmara, o texto foi editado de maneira “capenga” pelo Planalto.

Maia disse que estava acordado com o governo a edição de um mecanismo para permitir a redução de 50% dos salários, parte que “sumiu do texto”. “A MP tem coisa boa, mas causou pânico com essa questão da suspensão do emprego”, disse.

Maia deve se reunir ainda hoje com o Ministério da Economia para tratar de uma solução para a questão. “Não dá para construir soluções pontuais a cada momento, só vai gerar mais problemas”, afirmou.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO