Maia justifica distância de Temer

Frequentador assíduo do Palácio do Planalto, Rodrigo Maia evitou aparecer ao lado de Michel Temer durante toda a semana, segundo o Estadão.

Não foi ao pronunciamento que o peemedebista fez na terça-feira, 27, contra a denúncia de Rodrigo Janot.

“Também decidiu, de última hora, não participar de uma cerimônia ao lado do presidente na quinta-feira.

Em sua primeira declaração, contrariou a defesa de Temer e disse que cada denúncia apresentada por Janot deverá ter uma votação própria.

Depois, os dois tiveram uma reunião privada.”

Maia justificou ao jornal sua ausência:

“Não estive no dia do discurso, primeiro, porque ele (Temer) não me convidou. E ele fez certo em não me convidar porque ele não podia convidar o presidente da Câmara ou do Senado para fazer um discurso tão contundente como o que ele fez. Não cabia a ele misturar as instituições naquele discurso”.

Faça o primeiro comentário