Maia: "Não haverá o que nós esperamos"

Rodrigo Maia, em Nova York, disse que mudou o discurso sobre a reforma previdenciária:

“A Previdência sozinha não vai resolver o nosso problema de crescimento, de geração de emprego, isso está sendo muito propagado no Brasil. Eu parei de fazer isso há 30 ou 40 dias quando percebi que estava errando. Não haverá, no dia seguinte, o que nós esperamos de resultado.”

Ele disse também:

“Precisamos organizar a outra parte das despesas públicas. Como é que vamos, num país com 13 milhões de desempregados e 15 milhões de pessoas abaixo da linha da pobreza, organizar o Estado para atender a essas pessoas?”

Rodrigo Maia mudou o discurso porque o Congresso vai desidratar a reforma até o osso.

Como foi articulada a primeira grande derrota de Sergio Moro em Brasília. LEIA AQUI
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO